Avançar para o conteúdo

Gare do Oriente passa a contar com painéis informativos à entrada

Uma pequena grande melhoria.

Fotografia de Lisboa Para Pessoas

Quando se chega a uma estação de comboios, a primeira coisa que se quer saber é qual o próximo comboio e de que linha parte. Pois bem, na Gare do Oriente, essa informação estava até há bem pouco tempo disponível somente no piso intermédio da estação: era preciso subir as escadas e depois procurar pelos painéis informativos à entrada do acesso a cada linha. A situação mudou recentemente.

A Infraestruturas de Portugal – empresa que gere a Gare do Oriente e todas as outras estações ferroviárias nacionais – colocou quatro painéis digitais à entrada (leia-se, no piso térreo) da principal estação de comboios de longo curso e que serve também de ponto de partida de muitas ligações suburbanas.

Os quatro painéis indicam as oito partidas seguintes e respectivas linhas, bem como se existe algum atraso ou supressão num serviço. Dois desses painéis estão instalados na entrada virada para o centro comercial e os outros dois na entrada virada para a interface rodoviária, localizada imediatamente ao lado da estação.

Apesar de ser uma pequena melhoria, não deixa de ser relevante. Numa estação de comboios, a disponibilização de informação em tempo real sobre as próximas partidas também é relevante, mas na Gare do Oriente isso não acontecia logo à entrada, contrastando com o resto da cidade – nas estações ferroviárias de Entrecampos, Sete Rios, Campolide ou Roma-Areeiro, Rossio ou Santa Apolónia, sempre foi possível ver os próximos comboios passando a primeira porta.

Já agora: quantas vezes não terás já pensado no quão bom seria ter informação do tempo de espera do Metro à entrada das estações para que pudesses descer as escadas calmamente porque o próximo comboio só vem daqui a 5 minutos?