Subscreve e ganha conteúdos exclusivos. Sabe mais aqui.
Procurar
Fechar esta caixa de pesquisa.

De bicicleta ou de autocarro, Lisboa está pronta para o regresso às aulas

Desta vez, o programa municipal de Comboios de Bicicleta arranca no início do ano lectivo. Também o Amarelo está de volta com mais escolas e mais opções.

Comboios de Bicicleta em Lisboa (fotografia LPP)

Lisboa está pronta para o regresso às aulas. No novo ano lectivo, regressam os dois programas municipais de mobilidade escolar que prometem incutir novos hábitos nas crianças e jovens da capital. Os Comboios de Bicicleta e o projecto Amarelo permitem a alunos do Jardim de Infância, 1º Ciclo e 2º Ciclo, de várias escolas da cidade, ir para as aulas de autocarro ou de bicicleta com o acompanhamento de monitores adultos.

Pela primeira vez, os Comboios de Bicicleta vão arrancar no início do ano lectivo. As inscrições já estão abertas para as escolas que habitualmente participam neste programa e que são 24, sendo que há sete estabelecimentos de ensino que estão em avaliação/piloto. Os Comboios de Bicicleta possibilitam que crianças e jovens do 1º e 2º Ciclos se desloquem para as aulas de bicicleta, em grupo e acompanhados por monitores experientes. Tal como um “comboio” normal, tem uma linha/percurso e horários definidos.

Este programa – desenvolvido entre a Câmara de Lisboa e a cooperativa Bicicultura – visa sensibilizar e promover a adopção de hábitos de mobilidade activos nas deslocações para a escola, capacitando as crianças para o uso utilitário e autónomo da bicicleta em contexto citadino. A participação é gratuita mediante inscrição obrigatória, que já pode ser feita através do site do município (as inscrições ficam abertas durante todo o ano lectivo).

Escolas com Comboios de Bicicleta

  • EB Parque das Nações (CB1), no Parque das Nações
  • Colégio Pedro Arrupe (CB2), no Parque das Nações
  • Agrupamento de Escolas Dona Filipa de Lencastre (CB3), no Areeiro
  • EB Bairro do Restelo (CB4), em Belém
  • EB2,3 Telheiras (CB5), no Lumiar
  • Escola Alemã de Lisboa (CB6), no Lumiar
  • EB Sarah Afonso (CB7), nos Olivais
  • EB Paulino Montez (CB8), nos Olivais
  • Jardim-Escola João de Deus dos Olivais (CB9), nos Olivais
  • EB1 Adriano Correia de Oliveira (CB9), nos Olivais
  • Colégio do Sagrado Coração de Maria (CB11), em Arroios
  • EB Bairro de São Miguel (CB12), em Alvalade
  • EB1 Telheiras (CB13), no Lumiar
  • EB São Vicente (CB14), no Lumiar
  • EB1 Coruchéus (CB17), em Alvalade
  • Colégio Jardim-Infantil Pestalozzi (CB18), em Alvalade
  • EB Quinta dos Frades (CB22), no Lumiar
Escolas em avaliação/piloto:
  • EB2,3 de Paula Vicente (CB10), em Belém
  • EB Alice Vieira (CB15), nos Olivais
  • Academia de Música de Santa Cecília (CB16), em Santa Clara
  • EB Nuno Gonçalves (CB19), na Penha de França
  • EB Arq.º Vitor Palla (CB20), na Penha de França
  • EB Natália Correia (CB21), na Penha de França
  • EB Eurico Gonçalves (CB23), no Lumiar

Paralelamente, vão ser promovidas pela Câmara de Lisboa oficinas de bicicleta abertas à comunidade escolar, onde pais, alunos, professores e funcionários poderão aprender e resolver problemas comuns (como furos). Estas oficinas vão ser promovidas nos seguintes estabelecimentos: EB1 Paulino Montez (Olivais), EB 1 Bairro de São Miguel (Alvalade), EB2,3 de Telheiras (Lumiar), EB1 Raúl Lino (Alcântara), EB São Vicente (Lumiar) e EB2,3 Paula Vicente (Belém). E vão ser dadas aulas gratuitas de condução de bicicleta em meio urbano na EB2,3 Paula Vicente; as inscrições podem ser feitas aqui. Mais informação aqui.

Um autocarro da Carris em repouso (fotografia LPP)

De Carris para a escola

Por seu lado, o Amarelo visa promover a utilização dos autocarros autocarros da Carris nas deslocações para a escola. Desenvolvido pela Câmara de Lisboa e pela Carris, este projecto permite que pais e mães possam contar com monitores a bordo dos autocarros que levam os seus filhos à escola. O Amarelo está disponível em algumas Carreiras de Bairro da Carris, nos horários de entrada. Os encarregados de educação só têm de deixar os seus educandos na paragem próxima de casa na hora prevista de passagem do autocarro.

No ano lectivo 2022/23, funcionaram três carreiras e foram abrangidas nove escolas, das freguesias de Benfica e Olivais, com 50 alunos inscritos. Neste ano lectivo de 2023/24, o programa foi alargado às freguesias da Estrela, do Parque das Nações e de Santa Clara, envolvendo um total de 16 escolas e de cinco Carreiras de Bairro (70B, 67B, 29B, 26B e 40B). As inscrições no programa são gratuitas e podem ser feitas aqui.

Escolas com Amarelo

  • EB Jorge Barradas, Benfica – carreira 70B
  • EB Professor José Salvado Sampaio, Benfica – carreira 70B
  • EB Parque Silva Porto, Benfica – carreira 70B
  • EB Pedro de Santarém, Benfica – carreira 70B
  • EB Quinta de Marrocos, Benfica – carreira 70B
  • EB Fernanda de Castro, Estrela – carreira 67B
  • EB n.º 72 de Lisboa, Estrela – carreira 67B
  • EB1 Adriano Correia de Oliveira, Olivais – carreira 29B
  • EB Arco Íris, Olivais – carreira 29B
  • EB1 Paulino Montez, Olivais – carreira 29B
  • EB1 Alice Vieira, Olivais – carreira 29B
  • EB Viscondessa dos Olivais, Olivais – carreira 29B
  • EB do Parque das Nações, Parque das Nações – carreira 26B
  • EB Vasco da Gama, Parque das Nações – carreira 26B
  • EB Pintor Almada Negreiros, Santa Clara – carreira 40B
  • EB Eurico Gonçalves, Santa Clara – carreira 40B

Todas as dúvidas sobre os Comboios de Bicicleta ou o Amarelo podem ser tiradas junto da equipa de mobilidade escolar da Câmara de Lisboa, pelo [email protected].

Autocarros escolares

Entretanto, e à margem dos programas municipais em curso, a Câmara de Lisboa aprovou esta quarta-feira, em reunião camarária, um novo contrato para o serviço de transporte escolar para o ano letivo de 2023/2024. É, assim, garantida a deslocação para as aulas e atividades extra-curriculares a cerca de 700 crianças de jardins-de-infância, bem como aos alunos do ensino básico e secundário da rede pública da cidade de Lisboa.

Os transportes a realizar vão ser muito mais do que o típico transporte escolar casa-escola-casa, uma vez que também serão asseguradas as deslocações para as aulas de educação física das escolas sem pavilhão desportivo (EB Luís de Camões e EB Parque das Nações), para as semanas da Escola Ciência Viva, para o programa de apoio à natação curricular e ainda para as viagens no âmbito do Passaporte Escolar.

Com a aprovação deste novo contrato, antecipando o aumento do número de alunos em algumas das escolas, a Câmara reforçou a oferta com mais três autocarros, aumentando para um total de 26 o número de viaturas que circularão diariamente. O aumento de três autocarros vai também beneficiar o transporte para as aulas de educação física que se realizam nos Pavilhões dos Lóios e do Casal Vistoso e garantir o transporte diário de três turmas para o Pavilhão do Conhecimento, no quadro do Programa Ciência Viva.

A adjudicação do contrato foi através de concurso público internacional, no valor de 380 500 euros mais IVA, à empresa Barraqueiro, e será válido até Junho de 2024, podendo ser renovado se tal vier a corresponder ao interesse da autarquia. A proposta foi aprovada por maioria em reunião de Câmara, contando com a abstenção do Bloco de Esquerda.

PUB

Junta-te à Comunidade LPP

A newsletter é o ponto de encontro de quase 3 mil pessoas.