Uma Praça Em Cada Bairro avança, por fim, em Sete Rios

Autocarros vão deixar de passar à frente do Jardim Zoológico. Uma Praça Em Cada Bairro vai avançar na parte norte de Sete Rios.

Fotografia de Lisboa Para Pessoas

Vai nascer, mesmo em frente ao Jardim Zoológico, uma ampla praça verde e pedonal, no âmbito do programa municipal Uma Praça Em Cada Bairro. As obras, cujo início esteve previsto para o segundo semestre de 2021, só agora vão arrancar. O novo aspecto de Sete Rios/Praça Marechal Humberto Delgado deverá estar à vista dentro de dois anos.

O projecto d’Uma Praça Em Cada Bairro envolve a zona norte de Sete Rios. As partes finais da Estrada de Benfica e da Estrada das Laranjeiras vão ser refeitas porque o trânsito deixará de passar à frente do Jardim Zoológico. A atravessar a praça, existirá uma ciclovia bidireccional que ligará às estradas de Benfica e das Laranjeiras – aqui existirá um troço 30+bici, mas prevê-se que ao longo da maior parte da Estrada das Laranjeiras o tráfego ciclável seja em ciclovia bidireccional segregada. A ciclovia que vai ser criada na praça não deverá ligar, ainda, às ciclovias da Professor Lima Basto e da Rua Conde de Almoster, tal como estava previsto numa versão anterior do projecto d’Uma Praça Em Cada Bairro para Sete Rios.

Imagem via CML

A praça propriamente dita terá novas áreas verdes, um espaço de recreio, uns jogos de água, uma estação GIRA, uma nova saída de metro e um anfiteatro. Junto à Estrada das Laranjeiras vai ainda nascer um laranjal. O parque subterrâneo já existente será integrado no desenho da praça. As paragens de autocarro vão ser relocalizadas, tal como as paragens de táxi. O desenho da praça deixa espaço para o futuro terminal rodoviário da cidade, para onde passarão os autocarros de longo curso (da Rede Expressos) e também as carreiras suburbanas deslocalizadas da Praça de Espanha. Esse terminal esteve previsto numa primeira versão do projecto d’Uma Praça Em Cada Bairro para Sete Rios, de 2015, mas foi retirado numa revisão feita em 2019. O futuro terminal poderá ser executado numa 2ª fase d’Uma Praça Em Cada Bairro ou no âmbito da futura Unidade de Execução e da Área da Reabilitação Urbana de Sete Rios, um ambicioso projecto para dar uma nova vida a Sete Rios.

O projecto agora lançado abrange apenas a parte norte de Sete Rios, como referido, e tem com objectivo geral “estruturar e hierarquizar os diferentes usos de um espaço urbano complexo e contraditório, para promover a legibilidade do lugar e potenciar novas formas da sua apropriação”, lê-se no site da Câmara de Lisboa. Pretende-se a integração do viaduto rodoviário no tecido urbano, o reordenamento do sistema viário e criação de uma praça urbana, a preparação para o futuro interface de transporte e ainda uma intervenção ao nível paisagístico com um aumento significativo do uso de vegetação.

A execução d’Uma Praça Em Cada Bairro em Sete Rios estará a cargo da empresa Tecnovia e terá um custo estimado de 7,6 milhões de euros. A obra deverá estar pronta em Janeiro de 2024. De referir que será executada apenas uma 1ª fase do projecto. Uma 2º fase, que integrará o futuro terminal rodoviário da cidade, poderá ser executada no âmbito d’Uma Praça Em Cada Bairro ou da Unidade de Execução e da Área da Reabilitação Urbana de Sete Rios.

Podes ver, de seguida, o projecto completo que esteve previsto para toda a praça de Sete Rios em 2015, no âmbito do programa Uma Praça Em Cada Bairro: