Subscreve ou faz donativo. Clica aqui.
Procurar
Fechar esta caixa de pesquisa.

Bugs na aplicação da GIRA têm deixado utilizadores desesperados

A app da GIRA tem tido apresentado diversos erros nos últimos dias, desde a indicação de passe inactivo (quando está activo) ao não carregamento do mapa com as estações. A solução é simples: fechar a app e voltar a abri-la, e repetir este processo as vezes que forem necessárias até funcionar tudo como é suposto.

Fotografia LPP

Nas últimas duas semanas, a aplicação da GIRA tem apresentado várias falhas, deixando os utilizadores desesperados quando tentam desbloquear bicicletas nas estações. Os bugs são vários, desde a indicação de passe inactivo (quando está activo) ao não carregamento do mapa com as estações. A EMEL disse estar ocorrente dos problemas, mas a resolução tem demorado a chegar aos telemóveis dos utilizadores do serviço de bicicletas partilhadas.

Quem utiliza a GIRA há bastante tempo e o faz com elevada frequência sabe que a aplicação não é das mais confiáveis. Volta e meia, pede os dados de login ou bloqueia sem motivo aparente, sendo apenas preciso fechá-la e voltar a abrir. Mas as situações que se têm registado nos últimos dias têm complicado a utilização plena do serviço, deixando os subscritores da GIRA confusos. Os bugs que se têm verificado são os seguintes:

  • aparecer um pedido para “concluir o registo” ao iniciar a aplicação;
  • o mapa de estações não carrega quando se abre a aplicação;
  • clicando numa estação e em “seleccionar bicicletas”, aparece indicação de “sem registos” (ou seja, uma lista vazia) apesar de haver várias bicicletas disponíveis nessa estação;
  • selecionando uma estação, a aplicação pede para aderir a um passe, mesmo o utilizador já tendo um passe activo (que não é reconhecido).

A solução é simples: fechar a app e voltar a abri-la, e repetir este processo as vezes que forem necessárias até funcionar tudo como é suposto (pode ser preciso fazê-lo várias vezes sucessivas). Não vale a pena ligar para o apoio ao cliente, ocupando a linha que poderá ser necessária para problemas realmente importantes, como avarias. E, se tiveres a certeza de que tens um passe activo, não faças uma nova subscrição – pode ser um bug. Caso estejas na dúvida se ainda tens a subscrição activa, fecha e volta a abrir a aplicação (uma ou várias vezes) até o pedido para activar o passe desaparecer; se ao fim de algumas tentativas não desaparecer, é porque a tua subscrição caducou mesmo.

Captura de ecrã por LPP

Outra anomalia que tem sido verificada na app prende-se com erros desconhecidos no momento de desbloquear uma bicicleta. Neste caso, a solução passa por insistir, voltando a deslizar para desbloquear até o sistema aceitar esse processo.

Numa mensagem colocada recentemente no ecrã inicial da aplicação, a EMEL, que gere as bicicletas partilhadas de Lisboa, avisava: “A GIRA está a registar instabilidades no sistema. Estamos a trabalhar para normalizar os serviços com a maior celeridade possível. Pedimos desculpa pelo incómodo causado.” Por isso, se usas a GIRA, já sabes: fecha e volta a aplicação até dar tudo certo. E fica atento às futuras actualizações na App Store ou Google Play Store.

A EMEL tem tido dificuldade em disponibilizar uma aplicação confiável, em parte por a mesma ser desenvolvida por uma empresa terceira, o que cria dificuldades na correção destas situações. No entanto, a empresa de mobilidade de Lisboa encontra-se a trabalhar no desenvolvimento de uma nova app, própria, que englobará não só a GIRA mas também a ePark.

PUB

Junta-te à Comunidade LPP

A newsletter é o ponto de encontro de quase 3 mil pessoas.