Subscreve ou faz donativo. Clica aqui.
Procurar
Fechar esta caixa de pesquisa.

Vem descobrir a Trafaria nesta “caminhada perfomativa”

Vai acontecer no dia 24 de Setembro, durante a manhã.

Fotografia cortesia de Joana Linda/Teatro do Silêncio

No dia 24 de Setembro, a partir das 10 horas, o Teatro do Silêncio volta a promover uma “caminhada performativa”, desta feita pela Trafaria, em Almada.

Nesta caminhada, parte-se do modelo em rede e dos significados da palavra “rede” para, através de um envolvimento directo com o local e com as suas diversas comunidades, atravessar a Trafaria a pé, tendo como base práticas de rede. Uma caminhada que incorpora características geográficas e físicas, histórias e memórias, num espaço político e social.

A participação na actividade é gratuita, mas implica inscrição através de e-mail [email protected]. Esta inscrição é necessária para activação do seguro contra acidentes pessoais. Após a realização da inscrição, será enviado um e-mail com indicações do ponto de encontro e outras informações úteis para a caminhada.

As inscrições estão abertas até dia 20 de Setembro.

Fotografia cortesia de Joana Linda/Teatro do Silêncio

Estas caminhadas são um projecto de pesquisa desenvolvido por Maria Gil desde 2014 em colaboração com artistas e especialistas de várias áreas tendo como premissa a aproximação do corpo ao território através do acto de caminhar. Nestas caminhadas, não se procura criar uma estética particular – não são espetáculos em andamento, mas há lugar para a partilha de práticas como exercícios de observação e de escuta, leituras poéticas, entre outras, que facilitam uma interação sensível com os diferentes territórios percorridos.

Como chegar à Trafaria? De Lisboa, podes apanhar o ferry às 9h30 na estação de Belém e regressar no das 13h30. O bilhete de barco é da responsabilidade de cada participante e não está incluído na inscrição da caminhada.

rede

(latim rete, -is)
nome feminino

  1. Malha feita de fios entrelaçados com espaços regulares.
  2. Utensílio de malha larga para apanhar peixes ou outros animais.
  3. Tecido de malha de algodão ou seda com que as mulheres envolvem o cabelo.
  4. Tecido metálico que serve para resguardar as vidraças.
  5. Utensílio de malha de arame para resguardar a comida.
  6. Tecido de arame.
  7. Artefacto, de tecido ou malha resistente, suspenso pelas duas extremidades, onde se dorme ou descansa.
  8. [Portugal: Madeira, Brasil] Meio arcaico de transporte, geralmente para uma pessoa deitada, que usava um artefacto de tecido ou malha resistente, suspenso numa grande vara que era suportada por uma pessoa em cada uma das extremidades.
  9. [Desporto] Tira de tecido de malha que divide um campo de ténis, de vólei ou uma mesa de pingue-pongue.
  10. Conjunto de linhas de caminhos-de-ferro, telefónicas, telegráficas, de canais, etc.
  11. [Anatomia] Entrelaçamento de nervos, fibras, etc.
  12. [Figurado] Diz-se de tudo que leva adiante de si e apanha ou arrasta quanto encontra.
  13. Complicação de coisas.
  14. Cilada.
  15. [Informática] Sistema de computadores ligados entre si, para partilha de dados e informação.
  16. [Informática] O mesmo que internet.

Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

PUB

Junta-te à Comunidade LPP

A newsletter é o ponto de encontro de quase 3 mil pessoas.